A vida é um bordado

| 2 Comentários

A vida é um bordado.

Um dia quebra a linha,  dá nó,

a gente aprende desfazê-lo,

ou não.

Um dia a linha é comprida,

outro dia muito curta,

outro dia cheia de cores.

Tem dia com pontos miúdos,

tem dia com pontos largos,

tem dia de mudança de linha,

e tem dia de mudança dos pontos.

Tem dia de mudança no ponto de partida

tem dia de mudança na chegada

Tem dia de desmanchar,

dia de desfazer,

dia de fazer nuvens,

dia de fazer pássaros,

dia de fazer flores,

dia de comemorar as partidas, os pontos, as chegadas, as cores, os pontos, os desencontros, os defeitos, a perfeição.

                                                                                                                                                                                                             marilucia guilen

Comprei este vestido em uma loja da cidade. Acontece que não gosto de comprimento acima do joelho. Então, quando comprei já sabia que ia inventar moda, ou melhor, deixá-lo mais comprido. Procurei um pedaço de tecido meio parecido, mas não tanto, porque eles são pré lavados antes de confeccionar. Desmanchei a barra, abri um pouquinho nas laterais e emendei o tecido.

vestido jeans 1Nos lugares onde ficou a marca da barra desfeita eu comecei acompanhar com pontos de bordado. Tipo alinhavo e ponto correntinha. vestidojeans2

Quando resolvi bordar a idéia foi contar um pouco da minha história, então nem fiz o desenho. A minha história conheço bem, portanto com a agulha e a linha na mão eu fui bordando e desenhando direto no tecido.vestidojeans4

Depois de eliminadas as marcas da barra desfeita comecei pela parte da frente. E lá vem meus desenhos de infância e minha infância também.  Morei em casas de madeira, convivi com árvores, pé no chão, chuva na cara, muito sol e natureza.
vestidojeans8

Os pontos utilizados foram correntinha, atrás e pontilhado.vestidojeans7

Na parte detrás eu coloquei minha vida atual. Cidade grande, mar, barcos de verdade embora o meu seja aquele de infância. Recortei uma borracha e fiz as janelinhas dos prédios. ( aliás, esta idéia das pessoas se contentarem em viver umas em cima das outras sempre me dá uma certa aflição.)vestidojeans6pg

Coloco o carimbinho na tinta, faço as janelas e pontilho em volta para dar graça na composição. Apesar da minha infância ter ficado na parte da frente aqui ainda coloquei os alfaces que eu plantava e cenouras e muitas outras coisas mais que não dá para representar aqui.vestidojeans9

vestidojeans10

vestidojeans11

vestidojeans12vestidojeans13

E agora pronto para sair por aí. Quem se inspirar é só procurar como fazer pontos de bordado na net e mãos à obra.

Eu não disse que a vida é um bordado??

2 Comments

  1. Sensacional, Marilucia!
    Uma obra de arte contada em versos, pintada com carinho e bordada com tanto primor e bom gosto.
    Sempre admirável e criativa! Parabéns, ficou um encanto!

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.