Bordado e aquarela: eternizando a vida

| 0 comentários

Olá, uma foto eterniza um momento, e por que não um bordado também?

A primeira vez que minha netinha pegou um algodão doce eu registrei, porque achei muito poético ela enfiando a cara nele todo fofo e molinho. Daí que virou um bordado.

E se você quer fazer algo parecido com alguma imagem que você ama e não sabe desenhar, não se preocupe. Siga as instruções e parta de uma foto que você goste. Aí começa tudo assim:

Pegue uma folha de papel impermeável e coloque sobre a foto ou sobre a imagem no computador. Siga os traços com precisão mas copie só os traços principais. Apague a luz se estiver copiando do computador pois você verá a imagem bem mais definida. Tirou o desenho? É muito engraçado que as pessoas chamam isto de tirar o “risco”. Não sei de onde veio este termo, mas é copiar o desenho, tá?

Aí na foto o “risco”, digo o desenho, está meio zoadinho porque já transferi para o tecido de algodão cru sem goma. Carbono azul.julia1

Com a tinta aquarela e um pincel bem fininho coloquei cor onde me interessava. Pouca tinta e pouca água.

julia2

Agora que secou eu começo o bordado com a linha mouliné em um só fio na agulha e utilizo o ponto de bordado chamado atrás.

julia3

O suporte que utilizo para este bordado é uma guirlanda de mdf que pintei com rolinho e tinta acrílica. Primeiro fiz a base em branco e depois misturei rosa com branco e bege.

Trabalho terminado e seco. Passe cola em um círculo de papelão, coloque o bordado cuidadosamente e alise o tecido do centro para as laterais. Cole na guirlanda. E então…………..olha aí que fofa!!!!

julia5

Pontos utilizados: pétala, atrás, cheio e haste.

Se você quer mais informações é só mandar email que respondo.

Espero que tenham gostado da idéia.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.